Z U P Y !

Fidelização de Clientes

Olá! Tudo bem por aí?

Hoje vamos com a Lei 3:

NÃO BUSCAR CULPADOS
Se for buscar culpados… busque solução

Assim como criticar, buscar culpados é uma maneira simples e rápida de tirar o peso da autorresponsabilidade. É muito mais fácil apontar o erro dos outros do que enxergarmos nossos próprios erros.

Culpar os outros é extremamente perigoso, pois o hemisfério direito do nosso cérebro, que é o lado realizador, ao receber esse tipo de informação, entende que deve continuar fazendo as mesma coisas, já que a culpa não é nossa e sim dos outros. Tá entendendo que é nível neurológico isso? Olha o poder que isso tem! Isso gera um diálogo interno parecido com isso: “Por que mudar e fazer diferente se o resultado negativo obtido foi por culpa dos outros?”
Acabamos entrando naquela velha premissa:

“Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes.”

(Albert Einsten)

Assim, as pessoas continuam pensando que não devem mudar… “os outros que mudem!”

Você deve conhecer algumas desculpas como:

Por que devo mudar se os políticos são corruptos?

Por que devo dar o meu melhor se o problema é a crise instaurada no país?

Por que vou mudar se o problema está no meu marido/esposa que só reclama?

Enquanto não eliminarmos essas desculpas de nossas vidas, nada vai mudar. Vamos andar em círculos, correndo atrás do rabo. E uma hora a energia acaba, e ficamos estagnados até que entendamos isso.

Quando eu trabalhava na indústria, culpava os cargos de chefia por não me darem oportunidades, por não reconhecerem meu trabalho e por EU não ter um salário justo. Isso fazia eu não dar o meu melhor. Meu diálogo interno era: “Vou me matar pelos outros, pra que? Eles não reconhecem meus esforços.”
Reparem que pensando assim, eu não me esforçava, e obviamente não era reconhecido. E isso se torna infinito. Fui perceber isso anos após ter saído da empresa. Não tive a oportunidade que vocês estão tendo de saber disso quando ainda estava lá!

A boa notícia é que estudos científicos atuais comprovam que podemos mudar nossas sinapses (espaço entre os neurônios onde ficam os neurotransmissores, que são os responsáveis por transmitirem as informações no nosso cérebro). Isso é chamado de neuroplasticidade.

Ou seja, pare de culpar os outros por seus resultados ruins ou por não terem alcançado suas metas.

Eu parei faz tempo! Hoje percebo que meu cérebro trabalha muito mais na resolução dos problemas me tornando uma pessoa melhor e mais capaz de alcançar aquilo que quero.

É um processo que, como qualquer outro, requer disciplina e treino.

Experimente não buscar culpados e você vai perceber que sem esforço, seu cérebro começará te apresentar soluções para suas maiores dificuldades.

Faz sentido pra você?

Grande abraço

Diogo Lopes

Post Relacionado